top of page
SOCIEDADE
Partilhar
  • Facebook - círculo cinza
whatsapp_edited.png
email_edited_edited.png
Aos avós e outros que tais: os jovens intemporais

Aos avós e outros que tais: os jovens intemporais

Afinal, a sociedade obriga-os a pensar que envelhecer é caminhar a passos largos para os paliativos.

Carlos Barros
07 de fevereiro de 2024
Direitos Humanos, hoje

Direitos Humanos, hoje

O respeito pelos direitos humanos não é um dado adquirido nem em Portugal, nem no mundo e a sua defesa efetiva não é tarefa para estados, ou governos. Muitas vezes são eles os principais violadores. Essa tarefa é para cada um de nós. Aliás é nossa responsabilidade e obrigação.

Carla Rodrigues
17 de janeiro de 2024
O que a língua é para mim

O que a língua é para mim

Ligamos muitas vezes uma língua ao poder e oportunidades, mas não à sua cultura, história e unicidade

Cho Ian Lei
04 de janeiro de 2024
Sobre a Felicidade

Sobre a Felicidade

Se a felicidade faz parte da essência de cada Ser, ela é uma possibilidade para todos e, nesse espectro de possibilidades, é necessário o caminho do encontro com aquilo que faz cada um tornar-se aquilo que é. Apenas o que somos pode revelar, no mundo, o sublime e o autêntico[1].

Mara de Sousa Freitas
29 de novembro de 2023
Exemplo de Encontro Intercultural na Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023

Exemplo de Encontro Intercultural na Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023

Passada a JMJ Lisboa 2023, venho partilhar algumas das iniciativas exemplares que aplicaram rigorosamente os preceitos da interculturalidade, visto que foram além do reconhecimento e respeito pelas diferenças culturais, e buscaram envolver e valorizar as diversas culturas presentes.

Aline Villas Boas
04 de outubro de 2023
A cidade da esperança, dos sonhos e da paz

A cidade da esperança, dos sonhos e da paz

Acredito que setembro de 2023 ficará marcado na memória pelos reencontros e recomeços dos jovens, das suas famílias, grupos e amigos, que participaram nas JMJ.

João Pedro Chantre
20 de setembro de 2023
O oposto do amor é a indiferença

O oposto do amor é a indiferença

Como jovem, no contexto destas crises e conflitos complicados e interligados, é difícil responder se tenho motivos para ser otimista.

Cho Ian Lei
12 de julho de 2023
Continuamos a ser Humanos

Continuamos a ser Humanos

Quantas vezes não respondemos com o cargo profissional que ocupamos quando nos perguntam “quem és?”. É verdade que somos o trabalhador “x”, mas também é verdade que não deixamos de ser Humanos.

Carlos Barros
21 de junho de 2023
A vida, o amor e a arte musical de Jorge Palma

A vida, o amor e a arte musical de Jorge Palma

Trago a esta “mesa-redonda”, Jorge Palma, que aos 72 anos edita um disco sobre o qual responde que o título só poderia ser: Vida.

João Pedro Chantre
31 de maio de 2023
A Jornada Mundial da Juventude - JMJ como forma de viver a interculturalidade

A Jornada Mundial da Juventude - JMJ como forma de viver a interculturalidade

Mais do que uma festa da juventude católica ou uma peregrinação, pode se pensar em resultados sociais de longo-termo para Portugal, como a chance do reconhecimento dos jovens de diferentes culturas à humanidade que os une por meio da identificação de valores humanos na convivência e da diversidade do cotidiano.

Aline Villas Boas
03 de maio de 2023
A realidade e o sonho, a vida e o viver

A realidade e o sonho, a vida e o viver

Na minha aldeia, todos continuam a deixar parte de si e a levar parte da minha aldeia, da família, dos amigos, dos vizinhos, dos animais, das terras (1).

Mara de Sousa Freitas
05 de abril de 2023
Empatia e resiliência: o poder das narrativas

Empatia e resiliência: o poder das narrativas

Sonhos de igualdade, por parte de quem emigrou, de quem viu família/ amigos partir, de quem regressou, de quem tem o coração tão grande quanto uma volta ao mundo(1).

Carlos Barros
29 de março de 2023
Mesa Redonda 
Missão onlife:
Cultura
Sociedade
Casa Comum
Missão
bottom of page