CONGREGAÇÃO DA MISSÃO - Situação no Líbano

Antoine-Pierre Nakad, CM

10 de Agosto, 2020

O Líbano foi assolado por uma tragédia com repercussões tremendas na vida das pessoas e instituições. Partilhamos, em especial, o olhar do ecónomo provincial do Líbano sobre o que aconteceu com uma nota do Superior Geral, Tomas Mavric. Um texto traduzido para português pelo Francisco Vilhena.

Querer exprimir em palavras simples a explosão de Beirute, no dia 4 de agosto de 2020 às 18 horas, seria redutor devido à gravidade da tragédia. Todos os sectores da sociedade foram gravemente afetados material, psicológica e humanamente. Os Padres Vicentinos e as Filhas da Caridade estão presentes nesta cidade desde a primeira metade do século XIX, através dos seus lugares de culto, das escolas, dos dispensários, dos serviços sociais ou da presença entre os jovens. Uma Filha da Caridade, Ir. Sophie Khosrovian, de nacionalidade iraniana, faleceu. Dois seminaristas e dois padres vicentinos ficaram feridos.
Todos os edifícios dos Padres Vicentinos ficaram destruídos: a Casa Provincial não está habitável, mas começámos a remover os destroços e os jovens dos diversos grupos vicentinos estão a ajudar-nos. Os alimentos destinados à ajuda a quase 500 famílias foram destruídos e a casa que hospedava estudantes e trabalhadores com baixo rendimento necessita de profundos trabalhos de restruturação para retomar a sua missão, num momento em que muitas famílias perderam a sua casa e poderiam aproveitar estes locais para refugiar-se. A Basílica da Medalha Milagrosa ficou danificada. Os vitrais estão a despedaçar-se, a instalação elétrica ficou queimada e por uma unha negra escapámos de um incêndio devastador. O terço e a missa que celebrávamos todas as tardes com a presença de aproximadamente 700 pessoas, agora decorrem a céu aberto, aproveitando o bom tempo ainda que com o calor do verão. Também os oratórios frequentados por cerca de 200 crianças das zonas mais pobres, ficaram destruídos.
Por onde começar as reparações e com que meios? Foi decidido começar antes de mais nos edifícios da Casa Provincial que acolhe a cúria provincial, os confrades ao serviço da “missão na cidade” e a catequese de adultos, os confrades idosos, os seminaristas e a distribuição de alimentos e de medicamentos. Sendo a Casa Provincial um lugar de acolhimento aberto a todos os tipos de miséria, material, humana ou espiritual, deve retomar a sua missão, o mais rápido possível. A quem recorreriam todos os feridos pela vida que poderiam encontrar em nós e connosco, escuta, conforto e apoio? É, antes de mais, neles que pensamos. São a nossa principal preocupação. São a razão da nossa presença em Beirute.
Olhando em volta, podemos dizer que estamos melhor que muitas famílias que choram os seus mortos, os seus desaparecidos, os seus feridos ou que não têm onde se refugiar. Que o Senhor venha em auxílio deste pobre Líbano, que ainda à pouco sonhava com a saída das crises sucessivas dos últimos anos e que agora se encontra num poço sem fundo. Juntamos a todas estas desgraças a contaminação de COVID-19, que tem crescido no último mês e para a qual faltam meios de resposta.
Antoine-Pierre Nakad, CM
Província do Oriente

Nota do Superior Geral Tomaž Mavrič, CM a este artigo:
O nosso confrade, padre Antoine-Pierre Nakad, enviou-nos este relato sobre a situação em Beirute que nos abalou e comoveu profundamente. Quando falei com o Visitador da Província do Oriente, o padre Ziad Haddad expressou grande alegria e conforto por receber muitos telefonemas de diversos visitadores e de outros confrades que prometeram a sua oração, proximidade e assistência material aos confrades do Líbano, para ajudá-los a enfrentar as grandes perdas que a Província sofreu, especialmente em Beirute, bem como a possibilidade de ajudar muitas pessoas e famílias que perderam tudo, inclusive muitos a própria vida.
Nestas breves observações, quero convidar todas as Províncias e Vice-províncias da Congregação a continuar a rezar pelos nossos confrades, pelas Filhas da Caridade e pelos outros membros da Família Vicentina no Líbano.
Gostaria também de encorajar as Províncias e Vice-províncias da Congregação, que tenham esta possibilidade, a ajudar financeiramente a Província do Oriente que se debate com esta catástrofe. Peço-vos que contactem o P. Paul Parackal, CM, Ecónomo Geral e lhe enviem os vossos donativos com o descritivo “Donativo para o Líbano”.
Gostaria de agradecer-vos por toda a proximidade, que é outro gesto, que fala do nosso amor mútuo.
P. Tomaž Mavrič, CM

(Tradução Portuguesa por Francisco Vilhena)

SOBRE NÓS

S. Vicente de Paulo, o santo da Caridade, é o fundador da Congregação da Missão. Presentes em todo o mundo, estamos em Portugal desde 1717. Talvez nos conheça como Padres Vicentinos, Lazaristas ou Padres da Missão.

LOCALIZAÇÃO

(+351) 213 422 102 | 217 263 370

 

Estrada da Luz, 112-1º

1600 - 162 Lisboa

 

comunicacaoppcm@gmail.com 

CONTACTE-NOS
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
APONTADORES

© 2020 por Província Portuguesa da Congregação da Missão.